Vem almoçar com a gente!

Saiba mais

COMO ASSIM NA MIDIA

Criatividade e Superação - Tedd Albuquerque

Autor de livro, precursor do movimento “Como Assim?!...”, pai do conceito de loja colaborativa no Brasil e referência em marketing criativo O empresário pernambucano mostra que acreditar na sua ideia é o mais importante para um empreendedor ter sucesso nos negócios “Não tenha medo do ridículo. Se você acredita no potencial da sua ideia, execute-a”. Este é o pensamento que sempre moveu a vida de Ednelson Albuquerque, o Tedd, filho de uma família humilde do interior de Pernambuco, em Barreiros, e que nunca se deixou abater pelas dificuldades que a vida lhe impôs. “As limitações decorrentes da falta de dinheiro foram supridas pela criatividade”, pontua Tedd, que é uma daquelas pessoas que sempre enxergam solução onde muitos só veem o problema. No currículo do pernambucano constam trabalhos como vendedor de pitombas (fruta típica do nordeste), lavador de carros, caixa de banco, carregador de móveis, faxineiro, garçom, vendedor de cachorro quente (e de carrinhos de cachorro quente), assistente de importação, vendedor de produtos do Paraguai, agente de viagens entre outros tantos ofícios que serviram de lição de vida e para o desenvolvimento da economia criativa. Há quem diga que quando coloca a cabeça no travesseiro após um dia de trabalho, consegue ter novas ideias para a vida. No caso de Tedd, a vontade de mudanças era ainda maior quando, em São Paulo, passou fome, dormiu nas ruas por cinco dias e teve que revezar o mesmo colchão da pensão onde morava com um guarda-noturno, que dormia ali durante o dia. “O lugar era chamado de ‘cama quente’, porque o leito nunca ficava desocupado”, lembra. Entre esses pensamentos de Tedd um era o que mais martelava: acreditar que a vida dele iria mudar e que a ida para São Paulo não teria sido em vão.


O que é o movimento “Como Assim?!...”?

Foi em Camden Town (Londres) que o empresário conheceu um novo conceito de feiras modernas de artesanato, que resolveu adaptar ao Brasil. Esse modelo de negócio chegou como uma grande novidade e sempre que ele dizia para alguém como seria esse trabalho perguntavam: “Como Assim?!...” - e a expressão acabou dando nome ao empreendimento. O movimento teve início em um estacionamento no bairro Jardins em São Paulo, onde foram convidados artesões da Praça da República, Feira da Liberdade e de outros eventos, como também universitários de moda e design sofisticados. Além de exposições de artistas circenses, espaço de curta metragem, música e área de alimentação. Em 2000, o movimento chegou ao shopping Center 3, na Avenida Paulista, e ganhou a simpatia dos clientes que enchiam os olhos com a diversidade dos produtos expostos. Hoje, totalizando 216 expositores na feira, aos domingos, com visitação de mais de 100 mil pessoas. Tedd precisou de uma boa argumentação para levar outros criadores a um novo endereço na praça Benedito Calixto, em Pinheiros, no ano de 2006. Onde foi implantado o primeiro modelo de loja colaborativa no Brasil. Hoje, com visitação na galeria de mais de cinco mil pessoas semanais. “O meu desejo era o de montar um espaço fixo alternativo que misturaria moda, arte, sustentabilidade, gastronomia, solidariedade e cultura em todas as suas vertentes”, comenta o empresário. Na esteira do movimento de público, seu faro empreendedor ainda percebeu a oportunidade de abrir um restaurante no quintal da galeria. Mais um sucesso: durante a semana são servidas refeições caseiras, à base de arroz, feijão, saladas, legumes e três opções de pratos. Aos sábados, feijoada, escondidinho, strogonoff e outras guloseimas, regada a música ao vivo e DJ. O espaço de três pisos e fachada multicolorida da Como Assim?!..., de Pinheiros, acaba de passar por uma repaginada. O conceito remete a uma rua de comércio, desde o piso escuro, para lembrar o asfalto, placas de identificação fazendo alusão às placas de rua, até a iluminação, que imita os postes de luz dointerior onde Tedd morava. A ideia foi desenvolver um ambiente refinado, mas sem perder as características de cada um de seus 43 expositores. “É uma maneira de simbolizar que a moda que se usa nas ruas se encontra aqui”, observa. Em outubro de 2014 inaugurou mais uma galeria no mesmo formato, na rua Augusta, a uma quadra da rua Oscar Freire. Há uma longa fila de espera com criadores que aguardam pela oportunidade de obterem os stands das feiras Como Assim?!... Outro desdobramento dos negócios foi a abertura de um espaço cultural, inaugurado com peças do artista plástico Romero Brito, fotografias de Marcos Rosa. Hoje, a cada quarenta dias temos um novo convidado para exposição. O movimento do qual Tedd Albuquerque está à frente gera 8 milhões reais por mês, entre as feiras, grêmios, galerias e montagem. Gerando emprego para mais de três mil pessoas direta e indiretamente. Tamanho sucesso já levou uma turma do renomado Instituto Europeu de Design a escolher o Como Assim?!... para tema de seu Trabalho de Conclusão de Curso. Tedd também foi personagem de um documentário acadêmico sobre a trajetória de um nordestino de sucesso em São Paulo, ao mesmo tempo em que várias faculdades e empresas o tem convidado como palestrante. Personagem de matérias em alguns veículos de comunicação do Brasil, apontado pela revista “Veja” como o “Barão da Feirinha Fashion”, quatro páginas da revista Contigo, revista de bordo da Avianca entre tantas outras. Em 2005 implantou nos espaços populares a máquina de cartão de crédito e debito no trabalho em parceria com o então Banco Real. Em reconhecimento a esse ato, foi o empresário convidado, em 2013, a fazer toda a campanha publicitária do Banco Santander, na televisão, rádio e material impresso (anexo no final da apresentação). Uma inequívoca constatação de sua credibilidade e seriedade. A empresa também oferece serviço de montagem para grandes eventos como no Anhembi, Rock in Rio entre outros. Hoje, o empresário está à frente de um projeto inovador a ser inaugurado no segundo semestre de 2016, que será o primeiro complexo (shopping, condomínio residencial e ponto turístico) a usar toda sua concepção sócio sustentável e ecologicamente correto. O complexo contará com toda sua energia responsável como a extraída do bagaço da cana de açúcar, solar e eólica. A sua água será de reuso da chuva. E sua estrutura inteiramente concebida com material reciclado. Seu complexo de lojas será feito por containers reaproveitados, entre tantos outros exemplos de sustentabilidade. Será para a população um grande espaço de convivência e exemplos de projetos sustentáveis, educação ambiental e inclusão social. Não há dúvidas de que o sonho de construir algo de sucesso em São Paulo foi realizado. O movimento Como Assim?!... é reconhecido como a maior incubadora de talentos da América Latina, onde brasileiros criativos mostram o seu valor. E a história de vida de seu criador foi para as páginas de um livro autobiográfico, comercializado pela livraria Cultura de todo país. Ele segue na vanguarda e diz: “Vem muito mais novidades por aí”.

VEJA SP

Ex-faxineiro fatura alto alugando estandes para estilistas e artesãos. Veja a matéria AQUI.

Campanha Santander

Propaganda Talent



Video Campanha criada por Tedd Albuquerque

Enchente do Nordeste - REDE GLOBO




SBT - Programa A grande Idéia




Programa do Gugu

Veja a matéria AQUI.

Hoje em Dia - Mesa Redonda com Leda Nagle

Homenagem Cinquenta Anos Tedd Albuquerque