Vem almoçar com a gente!

Saiba mais

 

SOBRE A COMO ASSIM?!...

Foi em Londres que o empresário conheceu um novo conceito de feiras modernas de artesanato que resolveu adaptar ao Brasil. Esse modelo de negócio chegou como uma grande novidade e sempre que ele dizia para alguém como seria esse trabalho perguntavam: “Como Assim?!...” - e a expressão acabou dando nome ao empreendimento. O começo da Feira reunindo criadores de moda e design foi num estacionamento dos Jardins. Tedd formou um grupo de expositores de outros locais, como a Praça da República, em eventos que aconteciam aos domingos. Em 2000 o movimento chegou à Avenida Paulista e ganhou a adesão de estudantes de moda e designers mais sofisticados, hoje totalizando 216 expositores que, aos domingos, apresentam seus produtos na Como Assim ?!... Center 3. Tedd precisou de novo da boa argumentação para levar outros criadores a um novo endereço na praça Benedito Calixto, em Pinheiros, no ano de 2006. “O meu desejo era o de montar um espaço alternativo que misturaria moda, arte, sustentabilidade, gastronomia, solidariedade e cultura em todas as suas vertentes”, comenta o empresário. Na esteira do movimento de público, seu faro empreendedor ainda percebeu a oportunidade de abrir um restaurante no quintal da galeria. Mais um sucesso: durante a semana são servidas refeições caseiras, à base de arroz, feijão, saladas, legumes e duas opções de pratos. Aos sábados, feijoada, escondidinho, strogonoff e outras guloseimas.

CONHEÇA O RESTAURANTE!
O espaço de três pisos e fachada multicolorida da Como Assim?!... de Pinheiros acaba de passar por uma repaginada, transformando-se em loja modelo para abertura de franquias. O conceito remete a uma rua de comércio, desde o piso escuro, para lembrar o asfalto, placas de identificação fazendo alusão às placas de rua, até a iluminação, que imita os postes de luz do interior onde Tedd morava. A idéia foi desenvolver um ambiente refinado, mas sem perder as características de cada um de seus 43 expositores. “ É uma maneira de simbolizar que a moda que se usa nas ruas se encontra aqui”, observa Tedd. Mas ele não parou por aqui, abriu mais uma loja colaborativa na Rua Augusta também com refeições servidas durante a semana e aos sábados. Há uma longa fila de espera com criadores que aguardam pela oportunidade de obterem os stands das feiras Como Assim?!...


QUERO EXPOR!

QUERO SABER DAS NOVIDADES!